Uma reunião conjunta de trabalho para definir a distribuição dos recursos do empréstimo de R$ 453 milhões pleiteado pelo Governo junto à Caixa Econômica Federal acontecerá na próxima quarta-feira, dia 23, às 15 horas, no auditório da Assembleia Legislativa.

Participarão do encontro deputados, prefeitos, o gerente regional da instituição financeira, Vandeir da Silva, que representará a Superintendência do banco no Tocantins, e o secretário de Planejamento do Estado, David Torres, representando o governador Marcelo Miranda (PMDB).

Os pedidos de aprovação dos recursos solicitados pelo Governo do Estado junto ao Banco do Brasil e à Caixa Econômica Federal, cerca de 600 milhões de reais, chegaram ao Parlamento para apreciação e votação dos deputados sem dados suficientes sobre sua aplicação e destinação. A direção da Casa solicitou ao ao Executivo e aos bancos informações detalhadas, taxas de juros e prazos de pagamento.

Anexo da Assembleia

Dentro do valor buscado pelo Governo junto às instituições financeiras estava prevista a aplicação de R$ 50 milhões para a construção do anexo do próprio Legislativo. O presidente da Casa, Mauro Carlesse (PHS), propôs a distribuição igualitária do valor entre os municípios. A proposta foi bem recebida pelos deputados e prefeitos, que a partir daí se mobilizaram para que houvesse uma destinação de recursos maior a cada cidade tocantinense.

Empréstimo do Banco do Brasil

Os deputados já aprovaram o pedido de empréstimo no valor R$ 146 milhões, o que garantiu investimentos para a construção de obras estruturantes, como a ponte de Porto Nacional, o Fórum e o Hospital Geral de Araguaína, a ampliação do Hospital Geral de Palmas, o campus da Unitins na região do Bico do Papagaio, entre outras.

Agora, os deputados e os prefeitos buscam consenso com o Governo, com aval da direção da Caixa Econômica Federal, a fim de ampliar o montante dentro da operação de mais de R$ 453 milhões para aplicação nos municípios que, até o momento, só têm garantidos os recursos antes destinados à ampliação da sede da Assembleia.

A reunião

A reunião da próxima quarta-feira é esperada com grande expectativa por prefeitos e deputados, que se empenharam para que os municípios fossem contemplados com os investimentos dos recursos provenientes do empréstimo. O Executivo já vem acenando positivamente no sentido de atender à reivindicação dos parlamentares e dos dirigentes municipais. O encontro será feito de forma aberta e franca, como lembra Carlesse.

"Esperamos que o Governo, além de transferir os 50 milhões destinados à construção do anexo do Legislativo para atender à municipalidade, invista ainda mais em obras que tragam mais qualidade de vida à população do interior do Estado”, concluiu o presidente. (Vieira de Melo)