Dia da Consciência Negra: Assembleia terá exposição fotográfica sobre mulheres quilombolas

Por Maisa Medeiros
20/11/2023 20h02 - Publicado há 7 meses
Fotos estão no livro Guerreiras Populares Quilombolas, da jornalista Maju Cotrim
Fotos estão no livro Guerreiras Populares Quilombolas, da jornalista Maju Cotrim
Felipe Meneses / HD

O hall da Assembleia Legislativa (Aleto) será palco na próxima segunda-feira, 20, da exposição fotográfica “Guerreiras Populares Quilombolas”, da jornalista e especialista em Comunicação Étnico-Racial, Maju Cotrim. A exposição vai acontecer no dia da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro.

A mostra vai apresentar fotos retratadas no livro "Guerreiras Populares Quilombolas", lançado em 2022. Uma obra inédita no Brasil que traz a biografia de 40 mulheres das principais comunidades quilombolas tocantinenses que são destaque em suas comunidades.

Com a exposição, a autora pretende despertar o olhar qualitativo e evidenciar a história dessas mulheres, com destaque para a cultura, beleza, empoderamento e força ancestral das líderes quilombolas. 

A amostra fotográfica também pretende ressaltar, em suas imagens, os traços físicos, a identidade étnico-racial, a garra e a resistência na luta  por melhorias da qualidade de vida nos quilombos.

Consciência Negra

Maju Cotrim também destacou que a Assembleia Legislativa tem papel importante no apoio às causas sociais, na criação de políticas públicas e no reconhecimento da história desse público como parte da cultura do Estado.

“Ao promover a exposição essas fotos, a Assembleia Legislativa está dando luz e visibilidade às pautas das mulheres negras, e evidenciando o papel de liderança que elas exercem dentro de suas comunidades e em suas trajetórias”, explicou a jornalista.