Aleto realiza sessão especial em Miracema do Tocantins

Por Luiz Pires
02/04/2024 12h07 - Publicado há 15 dias
Deputado Ivory de Lira, filho da terra, presidiu a sessão em Miracema
Deputado Ivory de Lira, filho da terra, presidiu a sessão em Miracema
Koró Rocha / HD

Em cumprimento ao que determina o artigo 161 da Constituição do Estado e o Regimento Interno da Casa, a Assembleia Legislativa do Tocantins (Aleto) transferiu nesta quinta-feira, 7, suas atividades para Miracema, homenageando o município pelo fato de ter sido a primeira capital do Estado, há 35 anos.

Para o presidente da Aleto, deputado Amélio Cayres (Republicanos), a transferência "não é apenas um gesto simbólico, mas um dever constitucional e um reconhecimento pelos serviços prestados por Miracema ao Estado do Tocantins, quando de sua criação e instalação".

Amélio Cayres disse ainda que "hoje, celebramos não apenas a memória do passado, mas também das novas administrações. O orgulho de se fazer parte da história do Tocantins continua e nada mais justo do que a nossa homenagem neste 7 de dezembro, para transformá-la (Miracema) em capital do Estado por um dia".

O governador em exercício Laurez Moreira (PDT) disse que Miracema do Tocantins tem uma bela história. "(A cidade) recebeu gente do país inteiro, que veio com muita esperança nesse novo Eldorado que surgiu no centro do País. Foi a partir de Miracema que possibilitou a nossa capital Palmas, possibilitou fazer planos de governo. Voltar a Miracema é motivo de muita alegria, principalmente neste dia 7 de dezembro, que foi o dia que o presidente da República anunciou que Miracema seria a capital provisória", afirmou.

Após a abertura da sessão, Amélio Cayres passou a presidência dos trabalhos para o deputado Ivory de Lira (PCdoB), filho da terra.

Homenagens

A Aleto, na ocasião, homenageou a prefeita Camila Fernandes de Araújo (MDB), ex-prefeitos e ex-vereadores constituintes de Miracema.

Ex-prefeitos: Antonio Evangelista, Ernesto Rotta Giordani, Hamilton Edson Araújo, Magda Régia Silva Borba, Rainel Barbosa Araújo e Saulo Sardinha Milhomem.

In memórian:  Boanerges Moreira de Paula, Euripedes Pereira Coelho, Mariano de Holanda Cavalcante, Moisés Costa da Silva, Nereu González Vasconcelos, Oscar Sardinha Filho, Osmar Barbosa Soares, Pedro Franco Noleto, Pedro Santana, Raimundo Alves Barbosa Bela e Sebastião Borba Santos.

Vereadores da então capital provisória: Clediomar José Ribeiro, Fátima Carneiro de Souza, Ivory de Lira Aguiar Cunha, Joel Lemes de Moraes, José de Ribamar de Souza Lucena, José Gildo Benício de Oliveira, Salomão Barbosa Moreira e Zacarias Jardim.

Após o encerramento da sessão, o governador em exercício Laurez Moreira, juntamente com a prefeita Camila Fernandes, entregou títulos de legitimação fundiária para 239 moradores do setor Flamboyant I, que aguardavam há mais de 40 anos pelo documento.

Ordens de serviço

Laurez Moreira também assinou ordem de serviço para recuperação e manutenção de 4 km da TO-342 na área urbana Miracema, autorização para tramitação projeto de lei para Recriação das Delegacias Regionais da Polícia Civil extintas, em especial a de Miracema do Tocantins, criação de oito leitos de enfermaria para cirurgias eletivas, quatro na sala vermelha no Hospital Regional de Miracema, reforma do Ginásio de Esportes e do estádio de futebol local

Presenças

Governador em exercício Laurez Moreira, ex-governador e presidente da Assembleia Constituinte Estadual, Raimundo Nonato Pires dos Santos, deputados Amélio Cayres, Ivory de Lira (PC do B), Júnior Geo (Podemos), Luciano Oliveira (PSD), Gutierres Torquato (PDT), Moisemar Marinho (PSB), Janadi Valcari (PL), Vanda Monteiro (União Brasil), Eduardo Bonagura (Cidadania), Winston Gomes (PSD), Vilmar de Oliveira (Solidariedade) e Nilton Franco (Republicanos), secretários de Estado,  lideranças políticas e comunitárias.