Frente Parlamentar apresenta o Tocantins ao Panamá e firma termos de cooperação

Por Bianca Marinelli - Ascom Olyntho Neto
03/04/2019 12h27 - Publicado há 3 meses
Olyntho Neto foi homenageado no evento
Olyntho Neto foi homenageado no evento
Divulgação / HD

Na primeira agenda da Frente Parlamentar de Incentivo a Indústria, Comércio, Desenvolvimento e Atração de Investimentos no Tocantins, deputados e prefeitos participam da Conferência Panamá Brazilian Day, realizada na Cidade do Panamá entre os dias 30 de março a 3 de abril. Os parlamentares foram a convite da Câmara de Investimentos e Comércio Brasil Panamá (CICPB), idealizadora do projeto.

O Coordenador da Frente Parlamentar e representante da Assembleia Legislativa do Estado, no evento, deputado Olyntho (PSDB-TO), foi homenageado na manhã desta segunda-feira, 1º, na cerimônia das assinaturas do Acordo de Cooperação entre a Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil) e o Canal do Panamá.

Participam também da Conferência o deputado estadual Eduardo do Dertins (PPS), os prefeitos de Colinas do Tocantins, Adriano Rabelo e de Palmeirante, Charles Rodrigues. O prefeito Adriano e deputado Eduardo ministraram palestras apresentando as potencialidades do Tocantins e as vantagens da logística do Estado.

“Estamos conhecendo novos potenciais e buscando ter proximidade com outros países, trocando informações, que são importantes para o desenvolvimento da nossa economia. O Tocantins é rico em matéria prima, temos uma boa logística para exportarmos nossos produtos, como soja, arroz, carne, entre tantos outros que vão gerar mais emprego para nossa gente. Isso tudo, fará com que aumente nosso Produto Interno Bruto (PIB), caminho este, já traçado pela Frente Parlamentar que busca impulsionar o agronegócio no Tocantins”, destaca Olyntho.

Panamá Brazilian Day

O Panamá Brazilian Day é um projeto da Câmara de Investimentos e Comércio Brasil Panamá (CICPB), com a promoção da empresa brasileira GV Solutions Group que tem como objetivo promover o intercâmbio e elencar as oportunidades de comércio entre as empresas dos dois países, criando um espaço para aproximação de mercados entre Brasil, Panamá e os países da Ásia através da Rota do Pacífico e o Canal do Panamá.

O Panamá é um pequeno país da América Central que possui terras irregulares com pouca logística de produção; a principal renda do país é o Canal do Panamá, que liga o Pacífico ao Atlântico. O mercado internacional usa o canal devido o barateamento do frete, o que torna o país como maior polo financeiro do continente. (Bianca Marinelli - Ascom Olyntho Neto)