Peixe panga: Jorge Frederico apresenta Projeto de Lei que autoriza o cultivo no Tocantins

Por Weslene Rocha
28/04/2021 08h40 - Publicado há 10 dias
Sua carne chega a ser comparada a do Tilápia, espécie que também foi introduzida  no Tocantins.
Sua carne chega a ser comparada a do Tilápia, espécie que também foi introduzida no Tocantins.
Imagem de divulgação / HD

O peixe é rústico e de fácil cultivo, não possui escamas e tem apenas a espinha dorsal. Sua carne chega a ser comparada a do Tilápia, espécie que também foi introduzida no Tocantins.

Na tarde desta terça-feira, 27, o deputado Jorge Frederico (MDB) apresentou um Projeto de Lei que prevê autorização no Tocantins para a piscicultura em cativeiro do peixe Pangassius Hipophtalmus, conhecido popularmente como Panga ou Tubarão de Água Doce.

O peixe é oriundo do continente asiático, mais especificamente do Vietnã, e é considerado no Brasil como espécie exótica. Jorge Frederico explica que a espécie chegou no país há cerca de 10 anos e se adaptou perfeitamente ao clima local, principalmente ao dos estados das regiões Norte e Nordeste.

Pela grande similaridade com a carne da Tilápia, o deputado explica que o peixe terá fácil aceitação no cardápio do povo tocantinense, contando também com um preço mais acessível. “Sem contar que o clima tocantinense é extremamente favorável a sua criação e por isso seu cultivo deve ser permitido e encorajado, possibilitando a chegada de benefícios econômicos e alimentares às famílias do Tocantins”, afirma o parlamentar.

No Brasil

Atualmente, apenas 3 Estados cederam a autorização para o cultivo da espécie. São Paulo, Sergipe e Rio Grande do Norte. Diversos outros estão em busca de autorização, tanto no Sul quanto no Nordeste. “Em São Paulo já são quase 5 mil famílias beneficiadas diretamente pela autorização da criação dessa espécie de peixe. O Tocantins será um dos estados pioneiros na criação do peixe que vai gerar emprego e renda, assim como foi feito com a Tilápia”, conclui Jorge Frederico.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...
MAIS NOTÍCIAS