Luana Ribeiro participa de blitz educativa e orienta araguainenses sobre violência contra a mulher

Por Lays Pimentel/Ascom Luana Ribeiro
01/09/2021 14h35 - Publicado há 23 dias
A deputada estadual distribuiu flores com orientações para mulheres durante a blitz
A deputada estadual distribuiu flores com orientações para mulheres durante a blitz
Jaqueline Moraes / HD

Para difundir informações sobre a violência doméstica e divulgar a Lei Maria da Penha, a deputada estadual Luana Ribeiro (PSDB) participou no fim da tarde desta terça, 31, de uma blitz educativa promovida pela Polícia Militar do Tocantins (PMTO), através da Patrulha Maria da Penha, na Avenida Marginal Neblina, em Araguaína. A parlamentar é autora da Lei nº 3637/20 que institui a Campanha Agosto Lilás no Tocantins.

Antes da blitz, os profissionais que trabalham no enfrentamento da violência doméstica participaram de uma roda de conversa organizada pelo tenente-coronel Valdeonne Dias, comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar de Araguaína, com a participação da delegada regional Ana Maria Varjal e da delegada da mulher, Sarah Lilian.

Luana Ribeiro destacou que a luta para que a mulher seja respeitada é diária e muito necessária. “O nosso maior desejo é viver uma realidade onde as mulheres não sejam agredidas e sim respeitadas e valorizadas na sociedade. A luta contra a violência doméstica e familiar é contínua, diária, necessária e é nosso papel colaborar”, enfatizou a parlamentar.

Na blitz, a deputada distribuiu flores com informações sobre a violência doméstica para divulgar os serviços especializados da rede de atendimento à mulher em situação de violência e os mecanismos de denúncia existentes.

A coordenadora estadual da Patrulha Maria da Penha, capitão PM Flávia Roberta, explicou que a ação visa conscientizar a população sobre a importância de coibir qualquer tipo de violência, seja física, psicológica, sexual, moral ou patrimonial que atinja os direitos da mulher. “Essa blitz é muito importante para conscientizar as pessoas sobre a importância de combater a violência contra a mulher. Araguaína tem altos índices de violência e realizar ações in loco tem grande relevância, pois conseguimos levar informação direto para a população”, explicou a militar.

O evento foi organizado pela Polícia Militar, através da Patrulha Maria da Penha e do 2º Batalhão e contou com o apoio da Polícia Civil, dos Bombeiros, da Guarda Metropolitana de Araguaína e da Agência Municipal de Segurança, Transporte e Trânsito. A blitz educativa do Agosto Lilás também foi realizada nas cidades de Palmas e Gurupi, fechando a programação em Araguaína.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Carregando...
MAIS NOTÍCIAS